Você sabe fazer diluição de produto químico? É bem comum os produtos de limpeza terem diferentes tipos de diluição para intensidades de sujeira diferentes. Usar um produto muito concentrado para uma sujeira leve pode gerar um gasto desnecessário e em alguns casos até manchar a superfície, dependendo do produto utilizado.

Como fazer a diluição correta?

Todo produto concentrado tem em seu rótulo a indicação de diluição. Normalmente essa diluição está escrita da seguinte forma:

1:10 ou 1:20 ou 1:40 – O que isso significa?

Uma diluição de 1:10 significa que 10% da sua mistura será produto, 90% será água. Então, em uma garrafa de 1 litro por exemplo você vai adicionar 100ml de produto e 900ml de água.

Exemplos (considerando 1 litro de mistura)

  • 1:10 – 100ml de produto químico; 900ml de água
  • 1:15 – 66ml de produto químico; 934ml de água
  • 1:20 – 50ml de produto químico: 950ml de água
  • 1:30 – 33ml de produto químico: 967ml de água
  • 1:50 – 20ml de produto químico: 980ml de água

Uma diluição de 1:20 significa que 5% da sua mistura é produto, os demais 95% são água. Basta dividir 1 por 20, que é igual a 0,05 ou 5%. Então, se você tem uma garrafa de 1 litro você pode simplesmente colocar 50ml de produto para 950ml de água.

DICA IMPORTANTE!

Nunca deixe uma mistura de produtos químicos por mais de 1 semana dentro do aplicador. Há uma grande chance do produto químico reagir com as impurezas da água que usamos para diluição. Normalmente usamos água da torneira. Esta água pode contem inúmeras substâncias tais como cloro, magnésio, sais, metais, coliformes. Tudo depende de cada unidade abastecedora e do tratamento de armazenagem. Os produtos químicos podem reagir a estas substâncias causando mal cheiro ou perda de eficiência.

Como separar a quantidade correta de produto?

Você pode comprar um copo medidor ou você pode comprar produtos que tenham na sua embalagem um dosador acoplado,  que é o caso da linha de limpadores da Easytech.

 

A linha completa compreende 2 produtos Alcalinos (Pluri e Float) com alta capacidade de remoção de gorduras e óleos e 2 ácidos (Zbac e Oxy2) com ação bactericida e alta capacidade de remoção de manchas orgânicas. Além de fantásticos, as embalagens possuem um dosador acoplado para que o usuário consiga fazer de modo perfeito a diluição recomendada.

Diante desta variedade você consegue remover desde manchas de sangue, vinho, mofo a manchas de óleos, gorduras, graxa usando o produto correto na medida correta. Caso você precise de uma orientação para escolha dos produtos certos para uso em cada ocasião, clique aqui e acesse a uma postagem especial com 4 dicas para remover qualquer mancha.

Você encontra os produtos de limpeza Easytech com medidores acoplados clicando aqui.

 

 

20 avaliações sobre “Como fazer diluição de produto?

  1. EDILSON says:

    ÓTIMA EXPLICAÇÃO TINHA MUITAS DUVIDAS A RESPEITO DE DILUIÇÃO ..PRODUTOS DE VOCÊS SÃO TOP… SE CASO VOCÊS TIVER UMA TABELA DE SEUS PRODUTOS E DILUIÇÃO ….

    • Contato says:

      Perfeito, Edilson, agradecemos pelo feedback! Dentro da própria página dos produtos, mais ao final, há a indicado de diluição de cada um para diferentes situações.

  2. nildo bernardo says:

    olá…baseado na explicação, o segundo exemplo de 1:15 não era para ser 66ml de produto químico; 934ml de água?

  3. Geraldo Barbosa Santana says:

    Já usei muitos produtos, porém, os produtos de vocês me deram um melhor resultado. São produtos que elemina sujidade sem manchar os tecidos. Parabéns. Eu só uso os produtos da Easytech.

  4. Fernanda says:

    Ainda não conheço os produtos de vcs….mas estou animda para conhece-los pq vcs dão um otimo suporte. Essa explicação foi show. Obrigada

    • leonardozanin says:

      Perfeito, agradecemos a confiança em nossa linha, quaisquer dúvida envie sua mensagem ao nosso WhatsApp de suporte 48 99137-9138 onde o atendimento é mais constante.

  5. Hamilton Takeda says:

    Boa explicação sobre diluição. Mas uma dúvida que água é melhor usar? Destilada ou desmineralizada?

    • leonardozanin says:

      Para utilizar os dosadores você deve deixar a tampa principal fechada e a tampa do dosador aberta. Então pressione a embalagem no meio. O líquido será empurrado subindo pelo cano lateral da embalagem até alcançar o dosador onde há as medidas. O dosador não é destacável.

  6. Luiz Silva says:

    Saudações,
    Pelo que conheço, diluição se dá por “n” partes do produto “X” e mais “n” partes iguais do produto “Y”. Se uma diluição for de 1:10, significa que 1 parte será o produto “X” e nele será adicionado mais 10 partes do produto “Y”. Então se for usado 100 ml do produto “X”, nessa diluição vou adicionar mais 10 partes de 100 ml do produto “Y”. Segue a lógica, se em 1:10 eu uso nove partes do produto “Y”, então na proporção de 1:1 eu não devo usar produto “Y”, ou seja, será produto “X” puro. Se for 1:2 eu devo usar uma parte de cada produto. Não seria essa a lógica? Se 1:10 foi usado 9 partes de “Y”, então 1:1 não deve ter produto “Y”
    Então quero fazer 1 litro de produto pela proporção de 1:10, como proceder?
    1 parte será produto “X” e outro serão 10 partes do produto “Y”. Então serão 11 partes na totalidade.
    Converte-se litros para mililitros. 1 litro = 1.000 ml
    Divido a quantidade desejada pela totalidade das partes: 1.000/11 = 90,9
    Então produto “X” serão 90,9 ml e nele serão adicionados mais 10 partes de 90,9 ml do produto “Y” (10×90,9 = 909 ml)
    90,9 + 909 = 999,9 ml de produto pronto.

    • leonardozanin says:

      Tem sentido sua explicação, no entanto, o exemplo que você dá seria usando apenas produtos na diluição para formar o todo, não levando em consideração a presença de água na diluição. A diluição que nos referimos para limpadores APC sempre deve conter água (a não ser 1:1, que seria o produto puro), e ela é normalmente a parte maior.
      Então em uma diluição de 1:10 onde você usará apenas 1 produto, por exemplo, você pega o total que gostaria de ter de mistura (água + produto) e divide pelos “10” da diluição (1:10). Se o total da mistura for 1 litro nesse exemplo você usaria 100ml de produto e o restante até completar 1 litro seria de água.
      Quando for usar mais de um produto a recomendação é fazer o cálculo como se fosse utilizar apenas um produto, então utilizar o mesmo resultado do cálculo como quantidade para ambos, e o restante preencha com água equivalente para 1 produto apenas.

      • Luiz Silva says:

        Prezado Leonardo,
        Compreendo sua pessoa. Se você reparar, podemos ver muitos desencontros de informações, onde algumas partes afirmam que 1:10 são 1 parte de concentrado e 10 partes do diluente, então para 1 litro usaria a fórmula que descrevi. Outras partes afirma 1:10 em 1 litro seria 1 parte do concentrado, ou seja, 100 ml e completar com o diluente, que daria 9 partes de 100 ml (900 ml ao todo do diluente). Antes de eu pesquisar mais sobre diluição, eu pensava justamente desta forma como em seu artigo. Porém já peguei produtos em que a fabricante recomendava não usar o produto puro, e que a menor diluição deveria ser 1:1. Então foi um dos motivos de dúvidas que iniciou-me a umas pesquisas. Dado o fato, ocorreu-me que se eu for usar, por exemplo, 250 ml do produto teria que colocar a mesma proporção do diluente, ou seja, 250 ml. Só que nessas pesquisas vi esses desencontros de informação que falei acima.
        Um produto que tenho aqui diz o seguinte na forma de diluição: “Diluir 1 litro do produto em até 20 litros de água, ou de acordo com a concentração da sujeira no local. Não utilizar o produto puro, menor diluição 1/1.”
        Bom, é isso, amigo. Nada contra sua tese, aliás, de grande valia para nós leitores. Sucessos em sua vida pessoal e profissional, muitas bênçãos em sua vida e de seus familiares. Um grande abraço, Leonardo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *