O que não se deve aplicar no interior do carro? Você já passou um produto de painel que o deixou melado? Brilhando? Já sofreu com gordura na parte interna do vidro? Tudo isso na grande maioria das vezes é causado por produtos não apropriados aplicados no painel do seu carro.

Hoje temos uma variedade enorme de produtos para cuidarmos dos carros, desde os mais básicos limpadores até nano protetivos. Como a oferta de produtos é enorme e nem sempre a gente fica sabendo dos lançamentos das indústrias nacionais e mundiais, acabamos recorrendo as práticas antigas, como os silicones multiuso, pretinho de pneu, etc.

Um carro exposto ao sol chega a atingir a temperatura de 75 graus nos painéis, suficiente para acelerar a evaporação de condicionantes. Essa evaporação aloja-se diretamente no vidro, na parte interna. Prejudica a visibilidade do motorista provocando embassamento demasiado. Outro fator importante é o excesso de brilho de gel e derivados quando aplicados em paineis e interiores. O reflexo do brilho prejudica a visibilidade do motorista, isso quando não deixa a superfície grudenta e melada, que faz com que a superfície grude poeira com mais facilidade do que a superfície original. O resultado na prática é um horror, tira o conforto e a comodidade.

O que jamais aplicar no interior do seu carro?

Vamos listar abaixo alguns produtos que não devem ser aplicados no interior do carro e vamos te contar o porque.

Pretinho de pneu

Os famosos pretinhos de pneu garantem as borrachas um acabamento mais brilhoso e destacado, isso é inegável. No entanto, há uma variação grande de tipos de pretinho de pneu. Alguns são siliconados com solventes pesados como hexano, benzeno e querosene. Certamente isso não será bom para os plásticos e borrachas interiores. Pode alterar o pigmento do plástico e ressecar borrachas. Fora o fato de que estes solventes, quando inalados, podem causar sérios problemas de saúde.

Existem os pretinhos a base de glicerina que normalmente são solúveis em água. Normalmente eles tendem a evaporar em altas temperaturas causando um problema no interior dos vidros do carro. Alguns pretinhos a base de glicerina tem adição de glucose, o que pode ser um prato cheio para formigas. E com certeza você não vai querer isso dentro do seu carro, vai?

Boa parte dos pretinhos de pneu são a base de glucose, então todo cuidado é pouco.

Restaurador de plástico

Os restauradores de plásticos são produtos que tem por função devolver o pigmento, desbotamento de plásticos externos. São produtos que contém uma carga alta de pigmento (normalmente negro de fumo). Este pigmento tem a capacidade de tingir o plástico. Este tipo de produto pode manchar partes claras, tecidos, couro e normalmente são de difícil remoção. Se parte do produto não secar é provável que haverá uma grande possibilidade de contato com a área, manchando as mãos e consequentemente onde mais elas tocarem.

Silicone Gel ou Multiuso

O silicone é um material que não se dissolve em água pela sua polaridade. Por isso estes produtos normalmente são diluídos em solventes como o hexano ou benzeno. São solventes que podem reagir com o pigmento dos plásticos. O silicone multiuso normalmente é feito para utilização em plásticos externos e pneus. Ele pode deixar a superfície interna melada, o que não combina com acabamentos em tecidos que podem manchar. O silicone em gel é muito usado para abrilhantadores de pneus, o que pode deixar um acabamento extremamente brilhoso dentro do veículo. Isso pode gerar reflexo na parte de dentro do vidro. Em alguns lugares as pessoas usam-se bases glicerinadas em gel erroneamente chamadas de silicones em gel. Isso também é um problema, como informado acima, sobre a evaporação do ativo para as partes interiores de vidros.

E o que usar para proteger e restaurar interiores de carro?

Um produto para limpeza e proteção de interiores deve ser discreto, deve hidratar e renovar plásticos, lonas e couro sintético trazendo o brilho natural, sem exageros. Deve secar rapidamente pela ação natural do produto e não acelerado por solventes altamente voláteis. Deve oferecer proteção térmica para evitar evaporação dos condicionantes para o interior do veículo e deve criar anti estática para evitar ancoragem de poeira. Não deve ser pigmentado para evitar manchas. Alguns produtos deixam rastros brancos após aplicação.

É muito comum produtos importados serem oferecidos com essas características. No Brasil você encontra um produto com estas características a um preço popular, na casa dos R$ 30,00. Ele se chama DRESS, um limpador e condicionador para interiores. Mantém a elegância do veículo melhorando o brilho natural e conferindo uma proteção de longo prazo. A diferença da área aplicada e não aplicada é enorme, seca na hora, não deixa a superfície engordurada. DRESS é o único produto que consegue trazer qualidade superior aos produtos importados e ainda sim manter um preço justo, dos produtos disponíveis para interiores no mercado Brasileiro.

Gostou, compre DRESS aqui:

Clique aqui e conheça um pouco deste produto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *